A+ A- Alto Contraste Libras
Faça sua busca pelo site
Notícias
22 de julho de 2013 as 00:00 / Geral

Produtores de leite de Estação visitam propriedades em Paraí e Veranópolis

Através de mais uma parceria entre Prefeitura Municipal de Estação, Escritório Municipal da Emater e Cooperativa Santa Clara, 39 produtores de leite participaram no dia 17 de uma excursão. Na oportunidade realizaram visitas técnicas a três propriedades rurais de Paraí e Veranópolis.
A excursão fez parte da capacitação técnica dos produtores rurais que receberam recursos do Orçamento Participativo – Programa de Fomento a Bovinocultura de Leite e Programa Leite Gaúcho – no qual o município recebeu R$ 50 mil. O COMAPEMA – Conselho Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente – decidiu que 50 produtores fossem beneficiados com R$ 1 mil cada, para aquisição de calcário e fertilizantes com o propósito de implantar 1,00 ha de pastagem ou silagem, visando o aumento da disponibilidade de alimentação para as vacas de leite e redução do custo de produção.
Segundo o Chefe do Escritório da Emater de Estação, Celso Luiz Moy, foi possível observar as instalações, salas de ordenha, silagens e manejo dos animais. Os proprietários foram muito receptivos e responderam a todos os questionamentos.
Em duas propriedades foram vistas áreas de alfafa, uma leguminosa que possui 22% de proteína, podendo ser oferecida aos animais de forma verde ou feito feno, reduzindo o custo com aquisição de rações.
Outra curiosidade é que a mão-de-obra é familiar e as propriedades possuem de 15 a 24 hectares e em média 28 vacas em lactação, com produção média de 28 litros de leite por dia.
A propriedade de Rubens Zanella possui 15 ha, sendo que 10 são destinados a produção de leite. Em 2012 foi produzido um total de 260.639 litros de leite na propriedade, o que significa 26 mil litros por hectare, multiplicando por R$ 1,00 o preço recebido, faturando R$ 26 mil por ha. Comparando com a soja, se produzindo 60 sacos por hectare, se for vendida a R$ 60 a saca, são obtidos R$ 3.600.
Conforme Celso, se for dividido o valor obtido pelo leite de R$ 26 mil por hectare com o valor obtido com a soja de R$ 3.600 por hectare, pode-se concluir que a produção leiteira pode ser até sete vezes mais produtiva que a atividade da soja, sendo assim recomendada para as pequenas propriedades, como por exemplo, no Município de Estação, onde mais de 90% possuem área de até 25 ha. “Uma propriedade com 10 ha produzindo leite pode ter o mesmo faturamento anual de uma propriedade que planta 70 hectares de soja”, pontuou Celso reforçando que os agricultores que participaram da excursão trouxeram ideias que podem ser colocadas em prática nas propriedades que desenvolvem a atividade de leite.


Notícias Semelhantes
Estação/RS
Rua Fiorello Piazetta, 95 - CEP: 99930-000
Telefone: (54) 3337-1166 / 1164
E-mail: ouvidoria.pmestacao@gmail.com
Expediente:
7:30 às 11:30 e 13:15 às 17:15